Preço versus Pirataria

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Preço versus Pirataria

Mensagem por barack em Ter Jul 24, 2012 1:20 pm

veja a notícia completa:
(http://www.gizmodo.com.br/gracas-pirataria-inacreditavelmente-alta-dead-trigger-passa-ser-gratuito-android/)


Graças à pirataria “inacreditavelmente alta”, Dead Trigger passa a ser gratuito no Android

Quanto custa um jogo bacana para smartphones? Há exemplos de jogos extremamente baratos, alguns um tiquinho mais salgados, vários gratuitos. Cabe ao desenvolvedor escolher quanto e como cobrar pelo seu trabalho. O problema é quando o preço escolhido, baixíssimo no caso, é ignorado pela pirataria indiscriminada. Dead Trigger foi a última vítima.

Dead Trigger é um FPS de zumbis dos mesmos criadores do aclamado Shadowgun. Custava US$ 0,99 para Android e iPhone, mas devido à pirataria feroz no Android, os desenvolvedores optaram por deixar o jogo gratuito. Não estavam ganhando nada mesmo…

A declaração dos caras é quase triste:
“Sobre a remoção do preço. AQUI está a nossa declaração. O motivo principal: a taxa de pirataria nos dispositivos Android, que é inacreditavelmente alta. A princípio pensamos em tornar o jogo disponível para o maior número de pessoas possível — por isso ele custava menos de um dólar. Era muito menos que os US$ 8 de Shadowgun, mas por outro lado não ousamos oferecê-lo de graça, já que não tínhamos experiência com o formato free-to-play até então. Entretanto, mesmo por US$ 1, o nível de pirataria é tãããão grande que decidimos, por fim, oferecer Dead Trigger de graça. De qualquer forma, Dead Trigger não é FREEMIUM, ele foi e sempre será FREE-TO-PLAY, o que significa que todos os jogadores podem se divertir sem in-app purchases! Nós nos comprometemos com essa declaração porque todos os membros do nosso time estão jogando (e se divertindo) com Dead Trigger sem in-app purchases.”

O caso de Dead Trigger é mais um que se acumula aos fracassos comerciais no Android. A plataforma está crescendo muito, em quantidade de apps e qualidade também, mas cases de sucesso na venda de apps e jogos ainda são escassos. Isso gera um efeito dominó que faz mal à plataforma como um todo, inclusive, no fim da cadeia, aos próprios usuários. Com essa incerteza quanto ao faturamento, desenvolvedores ficam com um pé atrás na hora de dedicar tempo e esforço para criar apps e prestar suporte a eles na plataforma do Google.

O Jelly Bean promete um upgrade em segurança para os desenvolvedores graças a um recurso chamado apps criptografados: antes de ser baixado, todos os apps pagos ganharão uma chave criptográfica que o atrelará ao dispositivo em questão. A solução é promissora, mas esbarra em outro problema de longa data no Android, o da fragmentação. Faz pouco tempo que o Ice Cream Sandwich chegou a 10% dos usuários — oito meses depois de lançado. Nada indica que o ritmo de adoção do seu sucessor, o Jelly Bean, será mais rápido.

vejam um comentário feito pelo PcCI2iminal (http://www.criminalcafe.com/):

mas agora apelaram ...poxa 0.99 e ainda pirateiam ...
entao aquele papo de que a maior culpada da pirataria seriam as softhouses que cobram horrores ...
pelo jeito nada haver...pois a prova esta ai , nem vendendo por 0.99 evitou a pirataria .....

meu comentário: isso eu já previa e, infelizmente, foi comprovado. As pessoas querem tudo de graça, dado e com sorriso no rosto, menosprezam o duro trabalho de desenvolvimento.

barack

Mensagens : 184
Data de inscrição : 03/11/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Preço versus Pirataria

Mensagem por t3sting em Qua Jul 25, 2012 4:00 pm

barack escreveu:veja a notícia completa:
(http://www.gizmodo.com.br/gracas-pirataria-inacreditavelmente-alta-dead-trigger-passa-ser-gratuito-android/)


Graças à pirataria “inacreditavelmente alta”, Dead Trigger passa a ser gratuito no Android

Quanto custa um jogo bacana para smartphones? Há exemplos de jogos extremamente baratos, alguns um tiquinho mais salgados, vários gratuitos. Cabe ao desenvolvedor escolher quanto e como cobrar pelo seu trabalho. O problema é quando o preço escolhido, baixíssimo no caso, é ignorado pela pirataria indiscriminada. Dead Trigger foi a última vítima.

Dead Trigger é um FPS de zumbis dos mesmos criadores do aclamado Shadowgun. Custava US$ 0,99 para Android e iPhone, mas devido à pirataria feroz no Android, os desenvolvedores optaram por deixar o jogo gratuito. Não estavam ganhando nada mesmo…

A declaração dos caras é quase triste:
“Sobre a remoção do preço. AQUI está a nossa declaração. O motivo principal: a taxa de pirataria nos dispositivos Android, que é inacreditavelmente alta. A princípio pensamos em tornar o jogo disponível para o maior número de pessoas possível — por isso ele custava menos de um dólar. Era muito menos que os US$ 8 de Shadowgun, mas por outro lado não ousamos oferecê-lo de graça, já que não tínhamos experiência com o formato free-to-play até então. Entretanto, mesmo por US$ 1, o nível de pirataria é tãããão grande que decidimos, por fim, oferecer Dead Trigger de graça. De qualquer forma, Dead Trigger não é FREEMIUM, ele foi e sempre será FREE-TO-PLAY, o que significa que todos os jogadores podem se divertir sem in-app purchases! Nós nos comprometemos com essa declaração porque todos os membros do nosso time estão jogando (e se divertindo) com Dead Trigger sem in-app purchases.”

O caso de Dead Trigger é mais um que se acumula aos fracassos comerciais no Android. A plataforma está crescendo muito, em quantidade de apps e qualidade também, mas cases de sucesso na venda de apps e jogos ainda são escassos. Isso gera um efeito dominó que faz mal à plataforma como um todo, inclusive, no fim da cadeia, aos próprios usuários. Com essa incerteza quanto ao faturamento, desenvolvedores ficam com um pé atrás na hora de dedicar tempo e esforço para criar apps e prestar suporte a eles na plataforma do Google.

O Jelly Bean promete um upgrade em segurança para os desenvolvedores graças a um recurso chamado apps criptografados: antes de ser baixado, todos os apps pagos ganharão uma chave criptográfica que o atrelará ao dispositivo em questão. A solução é promissora, mas esbarra em outro problema de longa data no Android, o da fragmentação. Faz pouco tempo que o Ice Cream Sandwich chegou a 10% dos usuários — oito meses depois de lançado. Nada indica que o ritmo de adoção do seu sucessor, o Jelly Bean, será mais rápido.

vejam um comentário feito pelo PcCI2iminal (http://www.criminalcafe.com/):

mas agora apelaram ...poxa 0.99 e ainda pirateiam ...
entao aquele papo de que a maior culpada da pirataria seriam as softhouses que cobram horrores ...
pelo jeito nada haver...pois a prova esta ai , nem vendendo por 0.99 evitou a pirataria .....

meu comentário: isso eu já previa e, infelizmente, foi comprovado. As pessoas querem tudo de graça, dado e com sorriso no rosto, menosprezam o duro trabalho de desenvolvimento.
Isso mostra o descaso que os desenvolvedores sofrem ante a sociedade, apesar de que sem eles o conforto de ter tudo em casa e nas mãos não existiria. Vamos acordar galera, desenvolvedor também é ser humano.
avatar
t3sting

Mensagens : 13
Data de inscrição : 06/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Preço versus Pirataria

Mensagem por barack em Qua Jul 25, 2012 5:36 pm

t3sting escreveu:
Isso mostra o descaso que os desenvolvedores sofrem ante a sociedade, apesar de que sem eles o conforto de ter tudo em casa e nas mãos não existiria. Vamos acordar galera, desenvolvedor também é ser humano.

mas há um fato interessante: usam um "boato" ou uma "desculpa" para enganar o "santo", na verdade muita gente quer usufruir da facilidade, não querem saber o quão difícil foi atingir aquele trabalho.

do lado dos desenvolvedores isso é ruim, pois dificulta a criação de grupos de trabalho, já que muita gente não aceita trabalhar em equipe criando uma nova empresa, porque o que faz uma empresa existir e ter força são as pessoas, não a empresa em si, em livros de Gestão de Pessoas a riqueza de uma empresa são seus membros e o conhecimento que possuem, não o dinheiro da mesma.

Pena que o UniãoLivre morreu por conta do egocentrismo, da falta de vontade de cooperar para um bem comum e da ideia de gratuidade infinita e impositiva.

barack

Mensagens : 184
Data de inscrição : 03/11/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Preço versus Pirataria

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum